quinta-feira, junho 14, 2007

Aires Silva

2 comentários:

César Valentim disse...

Caras Madalena e Sofia,

É com pesar que assisto ao encerramento de um espaço cultural inigualável, icástico da diversidade cultural alfacinha.
Durante uma dúzia de anos pôde-se encontrar naquele espaço uma manifestação da singularidade que distingue Lisboa do restante país, das outras capitais europeias, de outras cidades lusófonas.
Lisboa distingue-se pela sua multiplicidade de sabores, cores e sons. A sua cultura é a da integração; onde a osmose entre diversos saberes e culturas ao invés da imposição de mentalidades e correntes predominantes, permite ao indivíduo uma vivência na sua unicidade sempre incluído numa identidade partilhada com os demais.
O B.Leza foi para mim um exemplo de que a pluriculturalidade é característica de Lisboa. Durante anos subi aquelas escadas sempre confiante de entrar num espaço familiar e acolhedor. Foi ali que descobri o calor da música africana; conheci artistas de enorme talento; passei bons momentos, e também não; fiz amigos; reforcei amizades.
Depois de dois anos conquistados (dia-a-dia) ao primeiro anúncio de encerramento, enfrentamos agora esta situação sem que nenhuma solução se tenha viabilizado entretanto.
Vou fazer o que neste momento está ao meu alcance, reenviar o vosso e-mail para a minha lista de contactos no sentido de mobilizar o maior número de adeptos para a manutenção do projecto.
Outras formas de contribuição serão certamente sugeridas pelos correligionários desta causa, a estas aderirei sempre que tal me seja possível.

Sempre,

César Valentim

HipHopExcentrico_Editorial disse...

Mas o B.Leza vai mesmo fechar?????? Que perda!!!